Como fazer um bom currículo

3 06 2008

Demos a “letra” de como se sair bem numa dinâmica de grupo, como se vestir para a entrevista, quais empresas estão com vagas abertas, mas falta um detalhe muito importante, que pode ser a resposta para aquela tão freqüente pergunta: O que eu fiz de errado?
O problema pode estar no seu ponto de partida, ou como alguns costumam chamar, no seu cartão de visitas, o currículo.
Pode parecer careta, mas garanto, ele é determinante na escolha de um novo empregado. O entrevistador não sabe nada a seu respeito, todas as informações que ele possui estão ali, naquele documento. Falo assim, pois o currículo de uma pessoa, sem dúvidas, é um documento, e dos mais valiosos. Nele está todo seu histórico, suas competências, seus dados, seus conhecimentos. Até seu jeito está ali. Um currículo pode revelar traços da sua personalidade e você não vai querer, logo de cara, ser taxado de desleixado ou de exagerado, vai?
Para evitar esse tipo de vacilo, irei dar algumas dicas para elaboração do seu novo currículo:
Ao enviar o seu currículo, procure informações sobre a empresa, melhor ainda se encontrar sobre a vaga. Com isso você direciona as informações do seu currículo, de modo que tenha o perfil próximo ao que a empresa procura.
Modelos de currículo disponíveis na internet são válidos, mas não os copie. Caso isso aconteça, você terá pelo menos uns 5 currículos iguaizinhos ao seu. Será que é assim que você vai se destacar? Claro que não, seja original. Nem precisa ser ousado, apenas original.
É imprescindível conter seus dados completos e corretos. Não precisa enfeitar demais, dizer que fez milhares de cursos que você não fez, esconder informações, pois elas virão à tona. Claro que você não precisa dizer que repetiu duas vezes o primeiro colegial, ou que já pegou seis “DP’s”, mas nunca invente informações.
Não é legal colocar o número do registro (RG), CPF, e demais informações extremamente pessoais. Basta seu nome completo, data de nascimento, endereço, estado civil,  e-mail e telefone para contato (no máximo dois).
Peça para alguém revisar seu currículo. Mesmo lendo e relendo para corrigir os possíveis erros, existe um estudo que comprova que o nosso cérebro, quando nós mesmos redigimos algo, corrige os erros. Passa batido. Para evitar que isso aconteça, peça para alguém revisar ou faça isso você mesmo, mas no dia seguinte.
Coloque os cursos que você já fez no final, como “Extras”. Mas tenha bom senso. Se a vaga que você está interessado é de professor de Inglês, o avaliador não precisa saber que você fez curso de cerâmica ou de violão. Tenha foco. Volto a dizer, direcione as informações. Fora os cursos que não tem a ver com a área desejada, todos s outros são válidos e podem ser o deu diferencial. Por exemplo, intercâmbio, línguas, informática, etc.
Como o hambúrguer do sanduíche, as informações sobre suas experiências profissionais e a formação acadêmica são o principal recheio do seu currículo. Não podem faltar e muito menos mentir. São informações básicas, porém essenciais. Há algo que também é muito importante: fatos ou atividade que ajudem o avaliador a descobrir quem você é. O tamanho do currículo também é importante citar. Nada de monografia. Ninguém teria paciência de ler. Três páginas já são cansativas demais, no máximo duas é indicado. Mas só se você tiver conteúdo suficiente para ocupar, caso contrário, quanto mais objetivo melhor. Para quem está começando agora uma única página está excelente.
Para finalizar, jamais entregue xérox, folhas amassadas, manchadas, borradas, ou com qualquer tipo de defeito. Isso é um “micasso”.
Bom, agora é com você. Alias, com você e como o seu currículo. Lembre-se que ele pode determinar sua contratação, para um “sim” e para um “não”.

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: